Autos Carros Com carros mais caros, Brasil se despediu de “populares” em 2021

Com carros mais caros, Brasil se despediu de “populares” em 2021

Modelos consagrados sucumbiram às novas regras de emissões e segurança e deixaram o mercado que sobe em valor agregado

Resumindo a Notícia

  • Volkswagen e Fiat deixaram de produzir modelos icônicos
  • Chevrolet Montana que ganhará nova geração também encerrou produção este ano
  • Honda deu adeus a dupla Fit e Civic
Volkswagen Up! deixou de ser comercializado esse ano

Volkswagen Up! deixou de ser comercializado esse ano

Volkswagen/Divulgação

Em constante transformação o mercado automotivo vem mudando nos últimos anos com a inclusão de novos itens de segurança obrigatórios e regras rígidas de emissões com o Proconve PL2 que entra em vigor em janeiro de 2022. Atualmente os SUVs tem mais de 40% de participação de mercado e avançaram ainda mais e, com isso, alguns segmentos de entrada deixaram de emplacar veículos como antes. É o caso de alguns sedãs médios e hatches.
Listamos abaixo os modelos que deixaram de ser comercializados este ano por aqui. Confira:

Obituário

Volkswagen

O sub-compacto já estava sendo comercializado em versão única e preço acima de R$ 90 mil

O sub-compacto já estava sendo comercializado em versão única e preço acima de R$ 90 mil

volkswagen divulgação

Um dos modelos que vai deixar saudade é o Volkswagen Up!. Apesar do seu futuro estar definido há tempos, a montadora levou o modelo até onde conseguiu. No entanto, sua construção visando a segurança sempre o deixaram caro para o seu porte reduzido e, nos últimos anos o Up! vinha perdendo espaço. O sub-compacto já estava sendo comercializado em versão única e preço acima de R$ 90 mil e foi descontinuado sem cerimônias em 2021. Nem mesmo a oferta do modelo elétrico, ainda como importado, foi cogitada.

A última unidade foi fabricada em abril deste ano

A última unidade foi fabricada em abril deste ano

volkswagen divulgação

A última unidade foi fabricada em abril, depois de sete anos de sucesso. Em toda a história o modelo emplacou mais de 225 mil unidades.

Depois de 18 anos o Volkswagen Fox também deixou de ser fabricado

Depois de 18 anos o Volkswagen Fox também deixou de ser fabricado

Volkswagen/Divulgação

Outro Volkswagen que deu adeus a sua produção foi o Fox. Em 18 anos, mais de 1,8 milhão de unidades foram produzidas em São José dos Pinhais (PR), com direito à exportação para a Europa. O modelo já vinha sofrendo a concorrência interna acirrada com o Polo que estreou em 2018 e já era oferecido apenas com motor 1.6 MSi em versões mais equipadas e ainda assim competitivas com preços de R$ 67 mil.

Ford Ka e EcoSport

Uma dupla que também se despediu depois de muito tempo de mercado são a dupla Ford Ka e EcoSport. Os dois modelos tiveram a fabricação encerrada subitamente em janeiro, logo depois que a marca anunciou que não iria mais fabricar modelos por aqui.

A terceira geração do Ka deu adeus ao mercado brasileiro, mesmo figurando como o terceiro carro de passeio mais vendido do país

A terceira geração do Ka deu adeus ao mercado brasileiro, mesmo figurando como o terceiro carro de passeio mais vendido do país

Marcos Camargo Jr. 24.08.2021

A terceira geração do Ka deu adeus ao mercado brasileiro, mesmo figurando como o terceiro carro de passeio mais vendido do país. Em 2020, o hatch emplacou mais de 67 mil unidades e ficou no top 5. O sedã comercializou outras 27 mil no acumulado de 2020.

Com produção encerrada no Brasil, EcoSport foi outro modelo que deixou de ser comercializado

Com produção encerrada no Brasil, EcoSport foi outro modelo que deixou de ser comercializado

Ford Divulgação

Já o EcoSport foi lançando oficialmente em 2003 e logo de cara transformou a categoria de utilitários esportivos ao assumir a proposta de ser um crossover urbano. 12 anos após o seu lançamento diversas montadoras lançaram concorrentes que deixaram o SUV da Ford obsoleto. Mesmo o projeto de reestilização completo oferecido pela Ford na Índia foi descartado no país seguindo a estratégia mundial de oferecer apenas carros de maior valor agregado descartando modelos mais em conta.

Em 17 anos de vendas, foram mais de 1,2 milhão de unidades comercializadas do Ka e EcoSport

Em 17 anos de vendas, foram mais de 1,2 milhão de unidades comercializadas do Ka e EcoSport

Divulgação/Ford

Em 17 anos de vendas, foram mais de 1,2 milhão de unidades comercializadas do Ka e EcoSport. Em anos anteriores a Ford já havia tirado de produção o Fiesta e o Focus.

Toyota

Etios já teve cerca de 620 mil unidades produzidas

Etios já teve cerca de 620 mil unidades produzidas

Toyota/Reprodução

Outro modelo conhecido dos brasileiros que deixou o mercado automotivo este ano foi o Toyota Etios. O modelo foi lançado em 2013 nas variantes hatch e sedã e logo despertou críticas quanto ao acabamento simplista e estilo controverso. Depois de 2018 o modelo perdeu espaço com a chegada do Yaris. Ao todo, a linha emplacou mais de 650 mil carros até abril de 2021, quando deixou de ser fabricado.

GM

A Montana também deixou de ser produzida no Brasil abrindo mais espaço para a Fiat Strada

A Montana também deixou de ser produzida no Brasil abrindo mais espaço para a Fiat Strada

Divulgação

A Montana também deixou de ser produzida no Brasil abrindo mais espaço para a Fiat Strada, líder absoluta à frente da Volkswagen Saveiro. Com motor 1.4 Econoflex e concepção antiga ainda baseada no Corsa, a Montana já vinha sofrendo cortes de versões destinadas basicamente às vendas para frotistas. Enquanto isso a marca prepara a nova geração do carro que terá tudo diferente, inclusive a plataforma GEM que dá forma ao Tracker e também ao Onix.

Fiat

Fiat Uno teve apenas duas gerações em mais de 30 anos

Fiat Uno teve apenas duas gerações em mais de 30 anos

Fiat Divulgação

A Fiat ainda resiste a uma simplificação da linha de produtos mas deixou de oferecer o lendário Uno no final do ano. O modelo que estreou em 1985 no Brasil ganhou uma nova geração em 2011 mas sofria concorrência interna com o subcompacto Mobi e também com as versões mais baratas do Argo.

Uno Ciao é a versão de despedida do icônico modelo da Fiat

Uno Ciao é a versão de despedida do icônico modelo da Fiat

Fiat Divulgação

O Uno já foi o modelo mais vendido da marca e esteve em linha por quatro décadas deixando oficialmente de ser produzido em dezembro. Foram 4,3 milhões de unidades produzidas em duas gerações que chegaram a conviver entre 2011 e 2013.

Honda

A marca japonesa também simplificou sua linha de produção e encerrou a linha do Civic em dezembro

A marca japonesa também simplificou sua linha de produção e encerrou a linha do Civic em dezembro

Marcos Camargo Jr/28.07.2021

A marca japonesa também simplificou sua linha de produção e encerrou a linha do Civic em dezembro. O tradicional sedã médio chegou a liderar o segmento mas novas regras de emissões limitaram a oferta do motor 2.0 aspirado. O Civic estreou no país em 1993 e foi nacionalizado em 1997 destronando modelos tradicionais da época como o Chevrolet Vectra e sempre rivalizou com o Toyota Corolla.

A Honda também deixou de produzir o Fit ao trocar a plataforma do City

A Honda também deixou de produzir o Fit ao trocar a plataforma do City

Honda/Divulgação

A Honda também deixou de produzir o Fit ao trocar a plataforma do City que já foi lançado nas versões sedã e hatchback de olho nos órfãos do monovolume.

NOVO HONDA CITY 2022 MATOU O CIVC E O FIT DE UMA VEZ: entenda o motivo

Citroën

C3 teve apenas 968 unidades vendidas em 2020

C3 teve apenas 968 unidades vendidas em 2020

Citroën/Reprodução

A marca que agora pertence ao grupo Stellantis tem apenas um carro no portfólio (C4 Cactus) e ao longo de 2021 encerrou a produção do C3, carro mais vendido da marca no mundo. O motivo é a falta de renovação do modelo e a busca da marca por novos produtos que estreiam ao longo de 2022 como a própria nova geração do C3 que será produzida em Porto Real/RJ. O C3 antigo ficou 18 anos em linha e teve versões diversificadas equipadas com motor 1.6 16V, 1.4 8V e transmissões manuais de cinco marchas e automáticas de quatro ou seis velocidades. Teve modelos interessantes como o C3 Picasso e Aircross, com proposta aventureira e familiar.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas