Christina Lemos Unidos pelo clima, governadores enviam carta a Joe Biden

Unidos pelo clima, governadores enviam carta a Joe Biden

Gestores de 21 estados sugerem ao presidente americano cooperação na defesa do meio ambiente em contraponto à política de Ricardo Salles, vista como desastrosa

Vinte e um governadores de estados que, como eles lembram, compreendem 87% do território brasileiro, unidos no que chamam coalização de Governadores pelo Clima, enviaram, nesta quarta-feira (14), uma carta ao presidente americano, Joe Biden, se dispondo a desenvolver parcerias com os Estados Unidos.

O objetivo, segundo os signatários da carta, é "impulsionar o equilíbrio climático, a redução de desigualdades, a regeneração ambiental, o desenvolvimento de cadeias econômicas verdes e o estímulo à adoção de tecnologias para reduzir as emissões de atividades econômicas tradicionais nas Américas".

A carta fala em um esforço conjunto na construção de um modelo civilizatório mais saudável e resiliente a pandemias.

Desmatamento de março foi o maior da série histórica iniciada em 2015

Desmatamento de março foi o maior da série histórica iniciada em 2015

Arquivo/Ag. Brasil

A manifestação dos governadores é um sinal de revolta contra o ministro Ricardo Salles, cuja política de meio ambiente é vista como desastrosa inclusive por investidores estrangeiros.

Os últimos números do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) sobre desmatamento, divulgados na sexta-feira (9), indicaram que houve, em março, o maior nível de toda a série histórica, iniciada em 2015, ao alcançar 367 quilômetros quadrados de árvores derrubadas.

Os governadores propõem, assim, uma agenda robusta de conservação ambiental, recuperação produtiva das áreas degradadas, proteção dos biomas em risco, com foco na redução das desigualdades sociais, entre outras tantas medidas.

Leia a carta na íntegra:

Últimas