Boletim JR 24H Relatório da ONU aponta que Talibã matou mais de 200 pessoas ligadas ao antigo governo

Relatório da ONU aponta que Talibã matou mais de 200 pessoas ligadas ao antigo governo

218 pessoas foram mortas e mais de 800 foram presas de maneira arbitrária, segundo a entidade

Um relatório das Nações Unidas aponta que o Talibã cometeu mais de 200 assassinatos de pessoas ligadas ao governo anterior do Afeganistão. O grupo tomou o controle do país em agosto de 2021, após a saída das tropas estadunidenses. O documento da missão da ONU diz que 218 pessoas foram mortas e mais de 800 foram presas de maneira arbitrária, sofrendo tortura e maus-tratos.

Últimas